Em Nome da Felicidade

 

Muito se diz que ninguém é feliz todo tempo porque a felicidade é feita de momentos. Não sei se isso é uma estratégia para consolar e conformar aqueles que vivem, constantemente, momentos de dores e de fracassos ou para minimizar o sofrimento de pessoas em certos momentos difíceis da vida. Mas, penso diferente. Acredito que felicidade é um estado de alma que independe de situações adversas e que felicidade não tem a ver com lágrimas ocasionais, por mais intensas ou profundas que sejam as razões ou as nascentes dessas águas.


Uma pessoa feliz tem na face uma verdade que não se esconde. Do mesmo jeito, posso dizer que uma pessoa triste não consegue camuflar isso de ninguém, nem mesmo em seus momentos de euforia.


Acho que muitas vezes se encobre o núcleo onde habita e se concentra a essência daquilo que determina a felicidade. Em outras palavras, vive-se fugindo do contato com a essência da alma para se criar uma alegria falsa constituída de atuações ou invenções que não resistem a poucos minutos ou horas. Comprar, comer, beber, jogar, etc. Enfim, fugir e, assim ir tentando enganar, ou melhor, enganar-se para dizer a si mesmo que é feliz e poder suportar o que é insuportável: a infelicidade.


Se aceitarmos a ideia que a felicidade é "momento", é preciso encher nossas agendas com eventos, companhias ou prazeres que garantam sempre o sorriso fácil e ficarmos, portanto, na superficialidade! Mas o que fazer com o vazio que volta logo após as luzes serem acesas sobre a alma?
Prefiro a convicção de que a felicidade não é constituída de momentos, mas de vida!!!


Não faça por menos. Não troque sua felicidade por "consolos" ou "docinhos", tal qual crianças que para não mais chorar têm o foco de sua inconformação desviado. Ser feliz é ter o brilho na alma, até mesmo na escuridão de noites que parecem intermináveis. Ser feliz é trazer sempre o conceito de que, apesar das dificuldades e dos dissabores da vida, há sempre uma razão maior que qualquer evento ou momento, chamada Amor!!!
Ah, ia esquecendo de dizer o mais importante para ser feliz: ter a coragem de conhecer-se e fazer do desejo de felicidade condição inegociável.

Porque como está escrito: "A verdade liberta"!!!

Por: Fabiano Moura de Moura

Reflexão da quarta-feira de cinzas

 

Hoje é quarta-feira de cinzas e me pego refletindo sobre a falta do que fazer das pessoas pobres de espírito e pobres de razões de viver. Que pena!

Penso e repenso, e só me vem à mente a resposta acerca do quanto as pessoas se preocupam com a vida alheia, com os estereótipos, com o status, fofocas, rótulos sociais e julgamentos incabíveis que não levam a evolução nenhuma do nosso ser. Tudo isso só acontece devido não só à falta do que as pessoas têm do que fazer, mas à falta da essência das pessoas de encontrarem a sua verdadeira missão de vida.  Que pena!

Questiono-me sempre: Por que nem todo mundo encontra sua missão de vida? Por que muitos apenas sobrevivem e passam por essa vida sem compreender o seu sentido de ser? O seu sentido de existir aqui na Terra.

Por que acordar todos os dias? Qual o grande sentido que move a sua vida? O que verdadeiramente o motiva? O que é ser feliz pra você? Muitos não têm essas respostas. Que pena!

Essa é a grande questão da nossa evolução. E as pessoas vivem num mundo de medos, presas a julgamentos, rótulos e convenções sociais medíocres e hipócritas, travando suas inteligências e seus projetos de vida por medo de ousar. Por medo de serem julgadas e condenadas numa sociedade e num mundo hipócrita. Que pena!

Aproveitem hoje, após dias de folia e grandes doses de euforia, talvez, para pensar sobre a sua verdadeira missão de vida. Questione - se: Para que você está na Terra e o quê você tem que aprender com as pessoas e os seus erros?

São perguntas certas que podem não ter respostas certas. Pois, o que vale nessa vida são as perguntas pertinentes, e não as respostas convincentes. Perguntas nos fazem pensar e crescer. Respostas apenas nos convencem e nos paralisam.

Faça você as perguntas certas para seu espelho interior hoje. Só podemos encontrar o nosso verdadeiro sentido de vida se corrermos riscos em viver, reconhecendo nossa fragilidade e assumindo nossas limitações.

Por: Karina Simões

Data: quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

27 de agosto DIA DO PSICÓLOGO!

Esta é uma oração - independente de religiões - que encontrei, onde nos remete a reflexão espiritual do psicólogo com si mesmo... uma reflexão pessoal ao atender, ao estar diante de uma "alma" enferma, um sofrer ímpar...

Interessante... e resolvi compartilhar com vocês aqui no Blog.

Já que Hoje é o DIA DO PSICÓLOGO:


Oração do Psicólogo

Senhor, só você conhece em profundidade a criatura humana.

Só você é verdadeiro psicólogo.

Contudo, Senhor, aceite-me como seu ajudante.

Ensine-me as técnicas, oriente-me para não errar.

E quando eu falhar - sei que isso acontecerá – venha depressa, Senhor, sanar o mal que fiz.

Dê-me um entranhado de amor e respeito pela criatura humana.

Não permita que a rotina, o cansaço torne-me frio e indiferente ao outro.

Dê-me bastante humildade para aceitar meus erros, perdoar as ofensas e atribuir êxitos a você.

Que no fim de cada dia, ao fazer minha revisão, eu possa dizer em verdade:- Hoje fiz tudo quanto dependeu de mim para ajudar ao meu irmão.

Obrigado, Senhor!

DIA DAS MÃES?... E PRECISA DE DIA?

 

Sempre achei muito curioso ter um dia pra cada coisa. Desde pequena, me questionava o porquê de um dia pra mãe, dia do pai, dia da criança, etc... Mas sempre perguntava cadê o dia dos filhos depois que crescem? AHAHAH! Já era esperta heim desde pequenina rsrsr!

E com o tempo fui entendendo que datas comemorativas são apenas convenções criadas pela sociedade diante do consumismo, da nossa sociedade imediatista na verdade. Mas também aprendi a ver tais datas pelo lado positivo, pelo lado encantador, ou seja, o lado da agregação, do perdão, dos dias reflexivos onde todos nós precisamos – parece – de estímulos pra podermos agir e dizermos que amamos alguém, pedirmos perdão, fazer uma ligação pra alguém distante etc. Porque aprendi com o tempo que todos os dias é o dia da mãe, do pai, da criança, dos filhos, etc...

Todos os dias é dia de sermos felizes! É uma questão de escolha... Decida ser feliz, decida fazer de todos os dias o dia da Mãe!

Mãe é algo especial de verdade nas nossas vidas! Parece-me algo insubstituível. É aquela que nos cria, e não necessariamente a que nos gerou biologicamente.

É tão mágico que ela sente quando nós também sentimos, ela chora quando nós também choramos, ela se envaidece quando ganhamos algum prêmio, e tem raiva quando não seguimos as suas orientações – que, diga-se de passagem – quase sempre elas têm razão! Rsrsrs!
E isso tudo de graça! Incondicional! Creio que é o único SER que nada cobra pra nos fazer feliz! Mãe é GRAÇA DIVINA! Mãe é VIDA! Mãe é PAIXÃO que nunca acaba, é AMOR INCONDICIONAL. É o SER mais BELO que DEUS pôde criar!

A Mãe ao receber a benção de sua vida (filhos)...Decide naquele instante entregar a sua em troca. Quando luta pelo sucesso dos filhos, ela se esquece de seus anseios, de seus desejos e passa a viver o desejo do filho como se fosso o seu. Quando um filho recebe uma vitória, ela esquece o quanto o mérito também é seu. E muitas vezes, nós os filhos, não lembramos que foi por ela que conquistamos.
Às Mães que ao receberem injustiças dos filhos, respondem sempre com seu amor... E que, ao relembrar o passado, só tem um pedido: DEUS PROTEJA MEUS FILHOS!

Fica aqui minha homenagem a todas a MÃES, especialmente – Claro – a minha, que tanto é exemplo de coragem e força pra outros, como pra todos que a conhecem! Ela é "hors concours" das mães! Você merece parabéns todos os dias!

"Mãe...São três letras apenas
As desse nome bendito:Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito
Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer
Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!"
Mário Quintana

Mais uma chance para Recomeçar… 2012

 

 

Estou aqui novamente, deleitando - me sobre meus escritos. Desta vez, não em um voo literalmente, mas em um voo psíquico, buscando perguntas e respostas, entre meus livros confidentes, meus pensamentos e a minha fé.


Penso que vivemos rodeados de sinais confusos, propensos a mudar com rapidez e de forma imprevisível, confundindo a percepção das pessoas fazendo-as tomar decisões inseguras, seja afetivamente ou profissionalmente.


A necessidade de vínculos afetivos é cada vez maior nas pessoas. No entanto, elas deixam nascer uma necessidade extrema do outro, que faz o "eu" se perder. Nenhuma das conexões que venham a preencher a lacuna deixada pelos vínculos ausentes tem, contudo, a garantia da permanência. Ou seja, os vínculos que fazemos no decorrer de nossas vidas, podem ser mutáveis, e não são garantia de um "para sempre".


Lembro - me que outro dia lia sobre relações humanas, e deparei - me com uma comparação dos relacionamentos com a vitamina C. Isso mesmo !!! A vitamina C. É benéfica para nosso organismo e nosso equilíbrio fisiológico, mas em altas doses, provoca náuseas, diarreia e problemas renais. Assim como as vitaminas ou remédios, as relações afetivas precisam ser diluídas em doses. Talvez, para serem consumidas e digeridas com mais fluidez. Assim, não nos provocam reações adversas.


Chegamos ao final de mais um ano. E hoje, temos novamente uma chance de recomeçarmos, e fazermos um novo final. Na verdade, a vida nos proporciona fazermos até um novo começo. Novas escolhas, novas metas, novos propósitos e novas crenças!


Começe hoje!


Decida hoje suas novas metas, e faça a diferença em 2012 para você mesmo. Só podemos fazer diferença na vida de alguém ou amar verdadeiramente alguém, quando primeiro, fizermos isso por nós mesmos. Assim, não se deixe perder nesse Ano que recomeça. Encontre-se...
2012 já chegou... Está em nossas mãos: PAZ!

 

Por: Karina Simões

Data: sábado, 31 de dezembro de 2011